waterwikipedia
Name of artefact
Cloaca romana e pórtico
Abstract
Excavations conducted on the area annexed to the corner of the forum of the Roman city have highlighted a stretch of a well preserved cloaca, running under the northern part of the cardus maximus. Discovered in an extension of about 50m, the sewer is very well preserved, being possible to analyze its structural system and materials used. It is implanted in the granitic sand reaching about 1.60 m high, having a width of 0.90 m at the base and 0.70 m on the top. It is defined by two parallel walls executed with small rectangular stones, which are based on a pavement of slabs. The coverage has been carried out with major granite blocks. It followed the street slope and received water from other smaller collectors. We estimate that it extended into the northern limit of the Roman city along an extension of over 200m.
Location
 
Dating
 
General
features
Relationship
 
Present
context
Artefact
description
Virtual
tour
Documentation
 
Biblio
 
Sitography
 
Author
 
Wiki
 
Country: Portugal
Region: Braga
District: Minho
Municipality: Braga
Century: 1
Year: 27 - 68
Age: Roman age
Typology of artefact: sewer
Related items:
Category of use: infrastructural use
Technical function: other
Relationship with other artefacts and elements related to water:
A cloaca encontra-se associada a canalizações de drenagem que corriam sob as ruas dos decumanos perpendiculares ao cardo máximo, bem como a outros sistemas de drenagem de águas pluviais e sujas.
Hydrological and morphological aspects:
As características hidrológicas e morfológicas originais do monumento encontram-se completamente alteradas devido à sua atual inserção urbana.
Landscape aspects:
Enquadramento urbano, parcialmente conservada sob o piso da atual Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva.
Architecture: A cloaca acompanhava o traçado da parte norte do cardo máximo, uma das ruas mais importantes da cidade romana, a qual possuía cerca de 7,5m de largura, sendo porticada de ambos os lados. Descoberta numa extensão de cerca de 50m, a cloaca encontra-se implantada na alterite granítica, sendo definida por dois muros paralelos, executados com pequeno aparelho de granito, que assentavam num leito cuidadosamente revestido de pedras. A estrutura era coberta por grandes lajes graníticas, dispostas horizontalmente. Nalguns locais a cloaca atinge cerca de 1,60m de altura, possuindo uma largura de 0,90m na base e de 0,70m na parte superior. Nas paredes da cloaca abrem-se orifícios, de forma quadrada, com cerca de 0,20m de lado, dispostos a intervalos regulares, que asseguravam o escoamento da água das chuvas a partir de drenos que foram rasgados na alterite granítica das áreas que bordejavam a rua. A cloaca acompanha a pendente da rua, sendo de destacar que deveria associar-se a outros coletores mais pequenos que deviam passar nos decumanos.
Materials used: A pedra granitica foi o único material usado na construção da cloaca, quer para executar as paredes, feitas com pequeno aparelho, quer o lastro, que era revestido com lajes de granito, quer ainda a cobertura feita com grandes blocos de granito, de formato sub-retangular. A cobertura estava selada por uma espessa argamassa de areão granítico.
Building Technique: A estrutura foi encontrada em excelente estado de conservação, mantendo as paredes na sua posição original, o mesmo acontecendo com o lastro e a cobertura. Foi usado o pequeno aparelho para formalizar as paredes e lajes de granito para forrar o lastro. A cobertura é feita de pedras dispostas na horizontal, muitas das quais toscamente afeiçoadas.
Transformations: Não foram identificadas reformas na estrutura. No entanto, sabemos que ela foi cortada no século XIX pela abertura da R. Frei Caetano Brandão, tendo-lhe sido anexada uma pequena canalização que contornava o prédio que foi construído no alinhamento da cloaca. Este facto sugere que a cloaca tenha continuado em uso ainda durante o século XIX.
Present state: inactive
Ownership: yes
Ties: no
Accessibility: yes
Usability: no
State of preservation: good
Virtual Tours of the water artefacts:
Infrastructural use (Infrastrutturale)
Documentation (photo, iconography, cartography, functional diagram of the artefact etc.):
Lemos, F. (1996) Relatório dos trabalhos efectuados no logradouro do Ex-Albergue Distrital – 1996, UAUM, Braga (Relatório policopiado). Lemos, F. e Leite, J.M.F. (2000) Trabalhos arqueológicos no logradouro da Casa Grande de Santo António das Travessas, Forum, 27, Conselho Cultural da Universidade do Minho, Braga: 15-38. Magalhães, F., Arquitectura doméstica em Bracara Augusta, Dissertação de Mestrado (policopiada), Universidade do Minho, Braga, 2010. Disponível em http://hdl.handle.net/1822/13619 Martins, M. e Ribeiro, M. (2010). Gestão e uso da água em Bracara Augusta. Uma abordagem preliminar, Cord. Martins, M. Freitas, I. Valivieso, I. In Caminhos da Água, CITCEM (Centro de Investigação Transdisciplinar – Cultura, Espaço e Memória), Braga (prelo)
http://www.uaum.uminho.pt
Name: Manuela
Surname: Martins
Institution affiliation: Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho
Email:
Nome:
Testo: