waterwikipedia
Name of artefact
Fonte do Ídolo
Abstract
“Fonte do Ídolo” is a rocky fountain/sanctuary most probably of indigenous origin, dedicated to Nabia, converted into a Roman monument by Celico Fronto, coming from Arcobriga. Nowadays situated in the heart of the city of Braga the monument was located beyond the boundaries of Bracara Augusta, slightly south of the Via XVII route for Asturica Augusta. The archeological works carried out to the south of the monument, from 2002 to 2003, as well as the interpretation of existing negative marks in its façade allow us to consider that the fountain has undergone two main phases of monumentalization. The first one has been held in the early of the first century, and was due to the evergetic action of Celicus Fronto, who left his name recorded in the inscriptions adorning the monument. The second phase is dated from the Flavian times, at the cost of the descendants of Celico Fronto, mentioned in a monumental inscription whereby it was point out that they have renewed the monument.
Location
 
Dating
 
General
features
Relationship
 
Present
context
Artefact
description
Virtual
tour
Documentation
 
Biblio
 
Sitography
 
Author
 
Wiki
 
Country: Portugal
Region: Minho
District: Braga
Municipality: Braga
Century: 1
Year:
Age: Época Romana
Typology of artefact: fontain
Related items: Canalizações.
Category of use: sacred use
Technical function: uptake
Relationship with other artefacts and elements related to water:
Não foram identificados.
Hydrological and morphological aspects:
As características hidrológicas e morfológicas originais do monumento encontram-se completamente alteradas devido à sua atual inserção urbana. Encontra-se rodeado de prédios urbanos.
Landscape aspects:
Hoje situada em pleno centro da cidade de Braga, a Fonte do Ídolo localizava-se fora do perimetro urbano da cidade romana de Bracara Augusta, ligeiramente a sul da Via XVII do Itinerário de Antonino, que tinha a sua origem na porta nascente da cidade, ligando-a a Asturica Augusta. A fonte/santuário localizava-se igualmente a sul da necrópole que se desenvolveu ao longo daquela via, conhecendo-se o sector da mesma que se encontrava nas suas imediações.
Architecture: A Fonte do Ídolo é uma fonte/santuário rupestre, de provável origem indígena, que foi monumentalizada por um imigrante, chamado Celico Fronto, oriundo de Arcobriga, tendo então sido dedicada a Nabia, como divindade principal e a Tongus Nabiagus, seu parceiro. Talhada verticalmente num afloramento granítico, a fonte sagrada revela relevos figurativos e várias inscrições que permitem identificá-la como monumento romano, único na sua configuração. A análise do conjunto de recortes e encaixes da fachada do monumento sugere que esta foi talhada para encaixar uma parede de silhares, que envolveria a superfície vertical da fonte/santuário e forrava as partes do afloramento natural que não permitiram modelar uma parede lisa. O muro de silhares envolveria o afloramento natural, oferecendo um contexto arquitetónico que enquadrava os elementos escultóricos e as inscrições, funcionando, também, como muro de contenção, que solucionava o desnível do afloramento rochoso, estendendo-se entre os afloramentos naturais da rocha. Os recortes identificados na segunda e terceira plataformas do soco do monumento parecem corresponder aos negativos de dois blocos que se situariam de ambos os lados da figura togada. Eles coincidem com a localização de dois planos verticais, bem alisados, visíveis no alçado da fonte, que sugerem a existência de elementos arquitetónicos verticais que adossavam à parede, flanqueando, simetricamente, a figura togada. Estes elementos sugerem a existência de uma edícula, saliente em relação ao muro de silhares, formada por pilastras, ou colunas, que seriam encimadas por capitéis, sobre os quais repousaria uma arquitrave, coroada por um frontão. O espaço delimitado pela edícula corresponde à concavidade que resultou do desbaste da rocha para esculpir a figura, que cria a ilusão de uma exedra pouco profunda. Dentro dela destacam-se zonas onde a pedra se apresenta picada, ou alisada. Uma dessas zonas situa-se na parte direita superior da figura, onde são visíveis dois orifícios, elementos que sugerem poder aí ter sido fixada alguma placa, de formato rectangular, disposta ao alto.
Materials used: Fonte talhada num afloramento granítico.
Building Technique: A fonte foi talhada num afloramento granítico que foi cortado verticalmente para obter uma fachada. Esta foi gravada com inscrições, tendo sido esculpida para obter dois elementos escultóricos: uma figura togada e uma edícula dentro da qual se encontra uma outra figura, a qual se situa sobre o ponto de exsurgência da água. Diversos entalhes e marcas visíveis na fachada deixam perceber que a fonte terá sido envolvida por um paredão de silhares e que a figura togada estaria envolvida por uma edícula. Na época Flávia o monumento terá sido objeto de uma renovação que julgamos associada à construção de um lago, em frente à fonte, cuja água era drenada por um caleiro com paredes de pedra e lastro de tijolos.
Transformations: A primeira intervenção realizada na fonte/santuário data dos alvores da época romana, de um momento que se admite próximo da fundação da cidade de Bracara Augusta e corresponderá à sua primeira monumentalização, executada a expensas de Celicus Fronto. Esta intervenção implicou um complexo projecto que passou pela regularização da superfície do afloramento, cortado verticalmente, pela construção de um muro de silhares, pela realização das esculturas, a que se terá seguido a construção da edícula e a gravação das inscrições. A segunda intervenção na fonte/santuário, mandada executar pelos descendentes de Celicus Fronto, assinalada na inscrição que refere a sua renovação, estará representada pela construção de um tanque em frente à fonte, podendo ser datada da época Flávia.
Present state: inactive
Ownership: yes
Ties: yes
Accessibility: yes
Usability: yes
State of preservation: good
Virtual Tours of the water artefacts:
Sacred use (Sacro)
Documentation (photo, iconography, cartography, functional diagram of the artefact etc.):
Garrido Elena, A.; Mar, R. e Martins, M. (2008) A Fonte do Ídolo. Análise, interpretação e reconstituição do monumento. Bracara Augusta, Escavações arqueológicas, 4. Braga, UAUM
Name: Manuela
Surname: Martins
Institution affiliation: Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho
Email:
Nome:
Testo: